sábado, 4 de agosto de 2012

O OBREIRO COMO UM SOLDADO


Texto Bíblico: 2°Tm. 2.1-5

“1 TU, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.
2 E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.
3 Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.

4 Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.
5 E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.”

“1 Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus;
2 e o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.
3 Sofre comigo como bom soldado de Cristo Jesus.
4 Nenhum soldado em serviço se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.
5 E também se um atleta lutar nos jogos públicos, não será coroado se não lutar legitimamente.”

Introdução:

Individuo alistado em uma força militar. Aquele que luta por uma causa. Partidário, defensor de uma causa. O obreiro é um defensor da causa do evangelho. Partidário do Reino de Deus.

I – CARACTERISTICAS DO SOLDADO.

1. É um individuo disposto a sofrer a dureza e as consequências da missão – 2°Tm. 2.3 (Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.) 2°Tm. 4.5 (Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.).

2. O soldado não se envolve com negócios da vida civil (Extra quartel) – 2°Tm. 2.4 (Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.) 1°Co. 9.25 (E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.) 1°Tm. 6.12 (Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas.)

3. O soldado se dedica integralmente a sua missão – 2°Tm. 2.4 (Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.).

Observação: Na versão de Almeida Revista e Atualizada, a palavra grega para envolver-se é EMPLEKONAI, que significa: 1) Enrolar-se, 2) Atrapalhar-se em alguma atividade.

Já a palavra grega para negócios é PRAGMATREIA, que significa: 1) Atividade, 2) Assuntos, 3) Ocupações.
4. O soldado cumpre o seu dever e agrada seu comandante – Mt. 24.45-47.

“45 Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento há seu tempo”?
46 Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.
47 Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens)”

1°Co. 4.2 (Além disso, requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel.)


5. O soldado pensa em todo batalhão (companheiros) – Sl. 133.1, Ec. 4.9-12 e Is. 41.6

OH! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.

9 Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho.
10 Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.
11 Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará?
12 E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.

Um ao outro ajudou, e ao seu irmão disse: Esforça-te.

6. O soldado confia na competência e autoridade do seu superior (comandante) – 2°Tm. 2.11-13, Jz. 7.16-18.


11 Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos;
12 Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;
13 Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.

16 Então dividiu os trezentos homens em três companhias; e deu-lhes a cada um, nas suas mãos, buzinas, e cântaros vazios, com tochas neles acesas.
17 E disse-lhes: Olhai para mim, e fazei como eu fizer; e eis que, chegando eu à extremidade do arraial, será que, como eu fizer, assim fareis vós.
18 Tocando eu a buzina, eu e todos os que comigo estiverem, então também vós tocareis a buzina ao redor de todo o arraial, e direis: Espada do SENHOR, e de Gideão.


II – UM BOM SOLDADO COMO EXEMPLO PARA UM OBREIRO.

1. Obediente – 1Sm. 15.22, Gl. 5.7, 2°Ts. 3.14,15, 1°Co. 5.11, At. 8. 5,6,26,27.

22 Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.

Corríeis bem; quem vos impediu, para que não obedeçais à verdade?

14 Mas, se alguém não obedecer à nossa palavra por esta carta, notai o tal, e não vos mistureis com ele, para que se envergonhe.
15 Todavia não o tenhais como inimigo, mas admoestai-o como irmão.

5 E, descendo Filipe à cidade de Samaria lhes pregava a Cristo.
6 E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia;
26 E o anjo do SENHOR falou a Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai para o lado do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta.
27 E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração.

2. Disciplinado – 1°Co. 9.26,27, 2°Tm. 2.5.

26 Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.
27 Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.

• No horário – Lc. 22.14, Ef. 5.16, Cl. 4.5

E, chegada a hora, pôs-se à mesa, e com ele os doze apóstolos.

Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.

Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo.

• No trabalho – 1°Co. 15.58, Hb. 6.10, Ap. 2.2

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis.

Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos.

3. Corajoso – 1°Sm. 17.45-47, 2°Sm. 22.35, 2°Co. 10.4

45 Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.
46 Hoje mesmo o SENHOR te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça, e os corpos do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; e toda a terra saberá que há Deus em Israel;
47 E saberá toda esta congregação que o SENHOR salva, não com espada, nem com lança; porque do SENHOR é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão.

Instrui as minhas mãos para a peleja, de maneira que um arco de cobre se quebra pelos meus braços.

Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas.

4. Sempre pronto (a disposição) – Lc. 1.38, At. 13.1,2, Jo. 6.9

Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.

1 E NA igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé e Simeão chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes o tetrarca, e Saulo.
2 E, SERVINDO ELES AO SENHOR, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.

Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?


Conclusão:

Nós como soldados de Cristo devemos ter em mente as palavras de Paulo em 1°Co. 9.25-27. Veja o que ele recomenda:

25 E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.
26 Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.
27 Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

 Se abstêm de tudo.
 Correr de forma certa.
 Subjugar o corpo.
 Para não ser reprovado.







Um comentário: